Conheça o AKS: serviço de Kubernetes do Azure

A Microsoft conta com serviço de Kubernets, o AKS. Ele se caracteriza por agrupar soluções onde o cliente cria clusters de forma gerenciada de maneira fácil e rápida.

Equipe Interop

Os contêineres se tornaram mais que essenciais no mundo do desenvolvimento de soluções em nuvem. Com eles, você consegue empacotar as aplicações para que possam ser executadas de maneira isolada e ágil, o que traz portabilidade para o desenvolvimento.

Para que tudo isso funcione perfeitamente, é preciso algo por trás coordenando e controlando em quais locais os contêineres serão executados, quem te ajuda a fazer isso é o kubernetes. Ele orquestra um cluster de máquinas virtuais e faz o agendamento da execução dos contêineres, com base nos recursos computacionais disponíveis e necessitados por eles.

No artigo de hoje vamos te apresentar o AKS, serviço de Kubernetes do Azure, explicando como ele funciona, suas funcionalidades e vantagens. Acompanhe!

 

Como funciona o AKS

O kubernetes se caracteriza por ser um software open-source para orquestração, implantação, gerenciamento e escalação de contêineres. Com ele é possível realizar a criação, entrega e dimensionamento de forma mais rápida.

Conforme cresce a complexidade dos aplicativos, se expandindo para vários servidores, o kubernetes gera uma API que controla como e em quais locais os contêineres serão executados, levando em consideração os recursos disponíveis e os requisitos de recursos de cada contêiner. Ele também gerencia de forma automática a descoberta de serviços, realizando o balanceamento de carga, verificando a integridade de recursos individuais e dando autonomia para que os aplicativos se auto estabeleçam.

O AKS (serviço de Kubernetes do Azure), agrupa soluções onde o cliente cria clusters de forma gerenciada de maneira fácil e rápida. Para isso, não é necessário conhecimento aprofundado sobre orquestração de container. Além disso, esse serviço de Kubernetes da Microsoft Azure traz o provisionamento, dimensionamento e atualizações de recursos que podem variar de acordo com o requisito ou demanda, não gerando nenhum tempo de inatividade no cluster Kubernetes.

Outra característica do AKS é que ele pode trabalhar sem servidor, com integração e entrega continuada, possibilitando a união das equipes de operação e desenvolvimento em uma única plataforma para criar, entregar e dimensionar aplicativos de forma ágil e confiável.

 

Benefícios de utilização do AKS

Dentre as principais vantagens trazidas na utilização do AKS como criar, gerenciar, dimensionar e monitorar Clusters do Kubernetes do Azure, podemos citar:

Tempo de desenvolvimento: As tarefas de definir, implantar, depurar e atualizar podem ser realizadas com o AKS de maneira automática e fácil. Com isso, você consegue acelerar o tempo de colocação desse aplicativo no mercado. Além disso, ele automatiza tarefas rotineiras, reduz o tempo de depuração ao lidar com patches, agrega logs, autocorreções e a orquestração dos containers, o que deixa os desenvolvedores mais livres e focados para o desenvolvimento em si.

Eficiência operacional: O AKS tem provisionamento de clusters de forma gerenciada com funcionalidades de monitoramento baseadas no Prometheus, conta com modo elástico de capacidade sem servidor e tem a opção de assistente do Azure que otimiza implantações com recomendações personalizadas. Tudo isso facilita – e muito – na hora de gerenciar a infraestrutura Kubernetes.

Segurança: O serviço conta com integração do Azure Active Directory (AD), para proteção dos clusters. Também possibilita liberar acessos aos usuários conforme demanda, o que ajuda a reduzir ameaças e a proteger dados por meio de computação confidencial.

 

Implementação do Serviço

Conforme vimos neste artigo, a Microsoft Azure possui poderosos recursos e serviços para administração de contêineres, em específico o Kubernetes. Caso sua empresa precise de ajuda de profissionais especializados para ajudar a gerenciar seu ambiente de soluções em nuvem utilizando Kubernetes, não deixe de entrar em contato conosco para entendermos como podemos ajudá-lo.

 
Microsoft Azure

Fique atualizado com nosso melhor conteúdo!

    Compartilhe

    Leitores também acessaram: