Como funciona o DevOps e a integração entre times de desenvolvimento e operação

Entenda como a prática de engenharia de software integra os times de desenvolvimento (Dev) e operação de software (Ops) por meio de boas práticas e que propicia uma maior produtividade.

Rafael TomelinRafael Tomelin
Como funciona o DevOps

As áreas de tecnologia vivenciam constantes mudanças em termos de melhorias de processos e otimização de resultados. Há quase duas décadas que os métodos ágeis afetam a dinâmica dos times de desenvolvimento e, já a alguns anos, os times de operação também passam a experimentar novas formas de trabalho. Tudo isso é consequência da transformação digital que as organizações atravessam.

Hoje, um dos principais problemas das equipes de tecnologia é alinhar times de desenvolvimento, infraestrutura e operações. Cada área possui interesses específicos que, conforme a complexidade da organização, podem divergir do seu objetivo final e prioridades. Enquanto a área de desenvolvimento foca em criar novas funcionalidade de software, a área de operações procura garantir a estabilidade das aplicações.

É nesse cenário que se insere o DevOps, uma metodologia que integra times por meio de boas práticas e adoção de processos de automação, tendo os princípios ágeis como plano de fundo Confira a seguir seu funcionamento, benefícios e formas de implementação!

O que é DevOps?

DevOps é uma prática de engenharia de software que visa unificar desenvolvimento (Dev) e operação de software (Ops). Sua principal função é a automação e o monitoramento de todas as fases de construção do software enterprise ou open source, com o intuito de garantir maior produtividade, integração entre equipes e expandir a acessibilidade dos ambientes.

Além disso, auxilia no gerenciamento do lançamento de novas versões ao padronizar o ambiente de desenvolvimento, o que gera uma produção mais rápida e segura de aplicações e serviços. Como consequência, os ciclos de desenvolvimento são menores, a frequência de implementação é maior e as releases de novas versões se tornam mais seguras.

 

Como funciona o processo

Por se tratar de um modelo de trabalho, DevOps faz uso de um conjunto de ferramentas. Elas podem se encaixar em uma ou mais das categorias no processo de desenvolvimento e entrega. São elas: codificação, compilação, teste, release, deploy, configuração,monitoramento e planejamento.

Como funciona o DevOps

 

Vantagens

Há inúmeros benefícios em adotar uma solução que integra times por meio de boas práticas e que propicia uma maior produtividade. Confira abaixo alguns dos benefícios que o DevOps oferece:

Colaboração: Por causa de seu modelo baseado em colaboração, as equipes tendem a aumentar o compartilhamento de responsabilidades e combinarem seus fluxos de trabalho. Isso leva a uma economia de tempo e aumento de eficiência.
 
Segurança: Políticas de conformidade automatizadas, controles e técnicas de gerenciamento de configuração permitem uma rápida operação preservando e controlando o versionamento de códigos.
 
Velocidade: Adotar práticas de DevOps permite o gerenciamento de configuração e desempenho, com monitoramento em tempo real. Automatizar tarefas de rotina para aumentar a frequência e o ritmo de lançamentos possibilita inovação e melhoria do software.
 
Escala: A metodologia oferece a possibilidade de operar e gerenciar os processos de infraestrutura e desenvolvimento em escala. Com a automação e constância é possível gerenciar sistemas complexos ou dinâmicos com eficiência e risco reduzido.
 

Recomendações para a prática DevOps

Para que uma cultura DevOps se consolide na sua empresa, há algumas diretrizes recomendadas. Veja alguns exemplos:

1. Pessoas engajadas: Atitudes que promovam a integração e que desenvolvam a empatia para o trabalho em equipe são recomendações importantes para a implementação de uma cultura que una infraestrutura, desenvolvimento e operação.
 
2. Foco no projeto: É preciso que as equipes tenham um comportamento colaborativo e de respeito mútuo. Com um objetivo em comum: o projeto, priorizando ele e não suas áreas de atuação.
 
3. Dinâmicas de trabalho colaborativas: Ao invés de reuniões isoladas é recomendável promover a integração dos profissionais de todos os setores. Isso proporciona a compreensão dos objetivos a serem alcançados de forma alinhada entre as diferentes equipes.
 
4. Princípios ágeis: Metodologias ágeis proporcionam entregas rápidas e contínuas para o desenvolvimento de software. Através delas, se otimiza o tempo e a rentabilidade da gestão.
 
6. Integração contínua: Ferramentas devem comandar todo o processo envolvido na entrega de novas versões de software. Isso inclui a criação de ambientes, deploys de código com configurações de infra, testes automatizados, possibilidade de reversão e auditoria.

 

Implementação DevOps

A InterOp oferece serviços que fazem uso de sistemas open source e que contemplam a análise de maturidade, desenvolvimento de cultura para DevOps, consultoria/gestão do ferramental, implementação das práticas de DevOps e suporte à operação diária.

Quer implementar a metodologia DevOps na sua empresa? Então clique no banner abaixo e solicite mais informações sobre nossos serviços de implementação e consultoria.

Implementação DevOps

Fique atualizado com nosso melhor conteúdo!

Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn

Leitores também acessaram: