Entenda como monitorar dados de maneira efetiva!

Conheça mais sobre a monitoração de dados corporativos, seja monitorando o ambiente de TI, a infraestrutura de rede, os sensores IOT ou até mesmo os indicadores críticos do seu negócio.

Luzia MendesLuzia Mendes
monitoramento de dados

A cada dia que passa, a tecnologia da informação segue ocupando um lugar cada vez mais importante dentro dos ambientes corporativos. A maior parte de nossas atividades exige o uso da TI. Com a quarentena e o home office forçado, em decorrência da pandemia, muitos negócios viram-se obrigados a acelerar seus processos de transformação digital.

Como a tecnologia é a base para qualquer operação, um bom monitoramento dos dados gerados torna-se essencial. Afinal, ninguém gostaria de, repentinamente, perder todos seus dados, não é mesmo? Ou, ainda, perder oportunidades de melhorar a tomada de decisões por não analisar os dados disponíveis.

Para isso, podemos contar com o monitoramento de dados corporativos. Continue conosco para saber mais sobre a monitoração de dados de infraestrutura de TI, redes, IOT e até mesmo do negócio.

 

Como monitorar dados de maneira efetiva?

O primeiro passo para iniciar um processo de monitoramento é definir quais dados serão coletados. Monitorar dados de disponibilidade e capacidade dos ambientes de TI permite que as equipes reajam rapidamente frente a qualquer incidente que gere a indisponibilidade de algum serviço crítico. Já o monitoramento dos indicadores de negócio permite maior agilidade e precisão no processo decisório.

A forma mais eficiente de monitorar dados é por meio da utilização de um software especialmente desenvolvido para essa tarefa. Existem diversas opções disponíveis no mercado, como Zabbix, OpMon, Solarwinds, Nagios, entre outros. Aqui na InterOp, apesar de possuirmos uma solução padrão para o nosso serviço de NOC, em projetos de monitoramento buscamos utilizar a ferramenta mais adequada ao desafio de cada um de nossos clientes.

Outro fator importantante a ser considerado é o tempo de atualização da informação. Para itens de disponibilidade, por exemplo, é recomendável que os dados sejam atualizados minuto a minuto, pois se um e-commerce parar de funcionar este problema precisa ser resolvido imediatamente. Já para informações que serão analisadas periodicamente, como as contidas nos relatórios de business intelligence, os dados podem ser atualizados de hora em hora, ou até mesmo diariamente.

Entretanto, é importante estar atento, pois quanto menor o tempo de atualização dos dados, maior será a infraestrutura necessária para suportar essa coleta. Isso vale para ambientes com grandes volumes de dados, principalmente de Big Data, e pode tornar essa monitoração mais complexa.

 

Por que devemos monitorar dados?

O monitoramento de dados pode revelar problemas que até então estavam ocultos, facilitando sua correção antes que alguma consequência grave ocorra. Também é uma forma de verificar o desempenho de equipamentos ou evitar desperdícios, prevendo a quantidade de recursos necessários.

Aqui no NOC da InterOp, nossa equipe utiliza a monitoração para reagir rapidamente frente a qualquer incidente. Nossos clientes contratam nosso serviço justamente para atingir alta disponibilidade em seus ambientes.

Além disso, de posse da informação de um eventual problema, nossa equipe consegue escalar atividades de correção diretamente para o responsável técnico. É uma forma de agregar valor para o serviço prestado em nossos clientes.

Outro benefício importante do monitoramento de dados é dar maior visibilidade da relação entre a tecnologia e o negócio da empresa. Afinal, se a TI sustenta todos os processos de negócios, é importante que essa relação seja compreensível por meio de dashboards que apresentam indicadores claros.

 
Implantação de NOC

 
Quer saber como podemos ajudar sua empresa nos seus desafios de tecnologia e monitoramento de dados? Então entre em contato com nossa equipe para agendarmos uma conversa!

Fique atualizado com nosso melhor conteúdo!

Compartilhe

Leitores também acessaram: