Conheça os principais benefícios do Outsourcing de TI para as empresas

Colocar a gestão de determinadas tecnologias nas mãos de especialistas pode gerar diversos benefícios para organizações que aderem ao modelo de Outsourcing de TI.

Luzia MendesLuzia Mendes
Principais benefícios do Outsourcing de TI

O que não faltam para as organizações que aderem ao Outsourcing de TI são vantagens competitivas. Colocar a gestão de determinadas tecnologias nas mãos de quem realmente entende do assunto gera muitos benefícios e impacta diretamente na competitividade frente aos concorrentes.

A seguir, destacamos as suas principais vantagens.

 

Garantir a segurança das informações

Mesmo com todos os avanços já alcançados em tecnologia, manter a segurança das informações de uma empresa continua sendo uma tarefa difícil. Certamente, essa é uma preocupação rotineira dos gestores, principalmente quando se trata de informações mais estratégicas — utilizadas para gerar vantagens competitivas.

Por isso, bons provedores de serviços podem trazer boas práticas de segurança da informação para seus clientes. Também podem ser fonte capacitada para recomendar a implementação de boas políticas de segurança a serem adotadas na empresa e nos seus processos empresariais. Garantir a segurança da informação requer a adoção de ferramentas e de processos de alta complexidade , que terão melhores resultados se implementados por equipes especialistas e com experiência de mercado.

 

Reduzir os custos

Este é o benefício mais direto, impactante e mensurável quando se adota o Outsourcing de TI. Embora seja simples de se observar, a redução de custos pode se dar de diversas maneiras. Uma delas é a redução da necessidade de contratar pessoal próprio quando se trabalha com uma empresa especializada.

Assim, gasta-se menos com encargos trabalhistas e há maior previsibilidade da gestão de recursos financeiros. Além disso, os custos e o tempo gasto com recrutamento e seleção de mão de obra qualificada são reduzidos significativamente.

Porém, além de analisar qual fornecedor possui o melhor custo-benefício do mercado, é preciso verificar se o fornecedor possui alinhamento com valores importantes para a sua empresa – como qualidade do serviço e foco em inovação. Por isso, buscar referências sobre trabalhos anteriores é chave para encontrar o fornecedor certo.

Manter uma equipe de TI qualificada tem um custo alto para as empresas, uma vez que os times geralmente são muito grandes — analistas, programadores, administradores de sistemas e redes, engenheiros de software, web designers, etc. Além disso, existe o risco de se investir na capacitação de colaboradores que acabam saindo da empresa e levando embora o conhecimento. Esse risco é reduzido de forma significativa com a terceirização da TI, visto que a gestão de conhecimento normalmente está no escopo das contratações.

Agora vamos imaginar o seguinte: uma nova tecnologia foi implantada em sua empresa e todos os funcionários do setor de TI terão que ser treinados. É claro para todos que isso demandaria dinheiro e, principalmente, muito tempo.

Com o auxílio do Outsourcing de TI, todo esse custo pode ser consideravelmente reduzido, uma vez que a empresa contratante não pagará pelos profissionais, mas sim pelos serviços entregues e que a empresa contratada já possui conhecimento e experiência na tecnologia em questão. A terceirização pode ser aplicada a vários contextos pelo fato de ser flexível.

 

Maior qualidade dos profissionais

Buscar e admitir um novo profissional é um processo bastante delicado. Afinal, não se tem previamente todas as informações necessárias do real potencial de um funcionário antes de tomar a decisão de contratar alguém. Assim, pode ser mais simples contratar uma empresa terceirizada para prestar um serviço, devido ao fato de você poder utilizar referências de outros clientes para antever se essa parceria poderá ou não ter sucesso.

Caso os resultados não sejam os esperados, é bem mais fácil terminar o contrato e buscar por outro fornecedor de serviços do que demitir vários funcionários que não estão performando da maneira esperada. Além disso, mesmo um profissional com menor experiência pode performar melhor quando está focado na execução de atividades específicas ou possui tempo para realizar os treinamentos adequados para determinada função, o que é geralmente o caso no Outsourcing.

Com isso, o investimento em treinamento e o tempo gasto na curva de aprendizado – o que costuma ser tão necessário quando se realiza a contratação de um funcionário direto – reduz consideravelmente.

 

Manter o foco em seu core business

Gerenciar pessoas de um departamento, em especial o de TI, é uma tarefa complexa. Isso porque a área de tecnologia é a mais suscetível ao turnover (rotatividade dos funcionários), pois os talentos são mais escassos. Nesse caso, adotar a alternativa de outsourcing de TI pode ser uma forma de reduzir o tempo gasto com tarefas que não sejam diretamente ligadas ao negócio da empresa.

Com a tecnologia sendo zelada por pessoas especializadas e focadas, é possível ter mais tempo para analisar e trabalhar no seu verdadeiro negócio, na conquista de clientes, nas estratégias de marketing e vendas e no desenvolvimento de novos produtos. Colocar determinadas atividades de TI nas mãos de especialistas aumentará seu tempo para realizar projetos prioritários, seja de tecnologia ou da área de negócios.

Além disso, é natural que ocorram Incidentes de TI. Esses incidentes normalmente tiram o foco de uma equipe interna, fazendo com que a organização gaste mais tempo solucionando problemas do que investindo em melhorias.

Organizações que investem em Outsourcing podem resolver mais facilmente esses problemas, pois terão equipes dedicadas a tarefas específicas.

 

Melhorar a organização operacional

É muito comum um gerente de TI ter que quebrar a cabeça para ordenar escala de férias para impedir que seus sistemas fiquem muitos dias sem monitoramento/acompanhamento e manutenção. Uma empresa especializada destina funcionários a essas atividades com muita facilidade, subtraindo os estresses burocráticos da gerência de TI.

Pelo fato de não precisar gerenciar férias e folgas do time, ganha-se, no mínimo, um mês de trabalho por ano, pois os fornecedores não tiram férias, além de reduzir o tempo com gerenciamento de equipes.

 

Agilizar a correção de falhas

Grandes empresas chegam a perder milhões por causa de poucos minutos de sistema indisponível. Porém, não é preciso ser uma organização de grande porte para ter prejuízos com episódios de inatividade de sistemas.

Quando se trata de uma indisponibilidade que afete um usuário final, alguns minutos podem ter um valor incalculável. Logo, ter profissionais capacitados e sempre a postos para a correção de falhas é essencial.

Um cenário muito comum dentro de departamentos de TI é que algumas atividades são deixadas de lado por causa de novas prioridades que não estavam planejadas. Evitando isso com equipes terceirizadas, o ganho de consistência nas atividades da equipe interna é um benefício valioso.

 

Manter a eficiência, qualidade, agilidade na gestão de TI

Administrativamente falando, as empresas que utilizam o Outsourcing de TI podem se dedicar exclusivamente ao desenvolvimento do próprio negócio — que é o que mais agrega valor.

Ao se reduzir preocupações com gestão de infraestrutura, atendimento de nível 1 (N1), monitoramento, contratação de pessoal especializado e atualização e manutenção de sistemas, sobra mais tempo para as equipes internas investirem em inovação e buscarem maior qualidade.

Além disso, os serviços do outsourcing de TI são totalmente voltados para os KPIs (indicadores de desempenho). Isso possibilita soluções mais eficientes, adequadas e ágeis para a sua empresa, garantindo uma eficiência maior do setor.

Inúmeras variáveis importantes, como o tempo de resposta e qualidade dos serviços, devem estar inclusas no contrato assinado entre a empresa de Outsourcing e o contratante, a fim de garantir que todos os itens sejam cumpridos. Esse acordo de nível de serviço entre fornecedor e cliente é chamado de Acordo de Nível de Serviço ou SLA (Service Level Agreement).

 

Trabalhar com tecnologia de ponta

Não é uma missão fácil manter-se atualizado em relação aos últimos lançamentos tecnológicos, pois novas atualizações de hardware, software e outras soluções são lançadas todos os dias no mercado. Torna-se cada vez mais complicado entender qual deles é o melhor e mais indicado para cada caso.

O Outsourcing de TI deixa essa missão muito mais simples. As empresas desse setor devem buscar estar sempre atualizadas em relação às novidades do mercado — avaliando os valores gerados e buscando possíveis vantagens comparativas. Ao estar mais próximo desse conhecimento, profissionais especializados tem mais condições de mostrar quais são as melhores tecnologias que a contratante pode se beneficiar.

Ademais, como as tecnologias são replicadas em vários clientes, os fornecedores possuem maior poder de barganha com fabricantes, pois utilizam tecnologia em maior escala. A organização ganha em competitividade e eficiência, utilizando a tecnologia correta.

Não faz parte da realidade da maior parte das empresas ter acesso às tecnologias de software e hardware mais atuais. Os principais motivos para isso são a falta de pessoal qualificado para trabalhar com esses recursos e os próprios custos financeiros para realizar esses investimentos.

 

Ganhar mais espaço físico na sua empresa

Os departamentos de TI demandam um espaço de trabalho complexo e refinado, composto por computadores com boa capacidade computacional, rede de cabos, cobertura wifi, link de internet redundante, sistemas de segurança avançados, sistemas de gestão de TI, etc. Ao terceirizar determinadas atividades de TI, a demanda por espaço físico reduz. Assim, será possível diminuir a complexidade do espaço de trabalho e é possível aproveitar melhor o ambiente com as equipes internas da organização.

 

Aumentar a reputação no mercado

Obviamente, a imagem de uma empresa afeta de forma direta no seu êxito a médio e a longo prazo. Todo negócio objetiva criar uma boa reputação com seus parceiros comerciais, fornecedores e consumidores, porque isso é crucial para que os fluxos de receitas sejam mantidos de forma contínua.

Na maioria dos casos, a melhor maneira de chegar a esse objetivo é organizando um grupo de práticas com alta qualidade, em que as atividades são desempenhadas com um nível elevado de performance.

Quando se utiliza serviços de terceiros, pode-se herdar uma série de certificações e selos de segurança da informação e compliance, por exemplo, que não serão acessíveis a todas as empresas. Ao contratar um serviço de um fornecedor, as organizações possuem certificações com custos compartilhados entre diversas empresas, o que pode viabilizá-las.

 

Garantir a qualidade

A terceirização das atividades de TI sempre deve conter um Acordo de Nível de Serviço — também conhecido como SLA ou Service Level Agreement — que é um acordo entre as partes que estabelece um nível mínimo de serviço. A qualidade dos serviços deve constar no SLA, podendo ser medida por pesquisa de satisfação ou por métricas de qualidade específicas de cada negócio.

 

Contratar serviços sob demanda

Essa vantagem está diretamente ligada à qualidade dos profissionais que as empresas disponibilizam. Devemos imaginar o seguinte cenário: a organização contrata um programador com alta qualificação e muito tempo de experiência. Todavia, ela só precisará de um colaborador com esse nível para concluir determinados projetos.

Para resolver esse problema, a empresa podem contar com especialistas altamente qualificados só quando for necessário, por meio do modelo de contratação “as a service”. Dessa forma, bastaria requisitar um expert na função por um período determinado, até que o projeto seja concluído. Esse modelo de trabalho não é previsto em CLT, mas pode ser viabilizado pelo Outsourcing.

 

Ter profissionais com expertise

Criar um grupo qualificado para o departamento de TI, sem desprezar a redução dos custos, não é uma tarefa simples. Certamente a maioria dos gestores admitem essa dificuldade, pois as contratações abrangem diversos níveis de conhecimento. Para contar com especialistas, normalmente é preciso investir em altos salários para profissionais experientes.

Ao ser contratada, uma prestadora terceirizada oferece uma equipe de profissionais com habilidade em seu campo de atuação — além de eficiência operacional para se realizar uma determinada função. O importante não é ter os melhores profissionais do mercado, mas sim realizar o trabalho da forma correta a um custo operacional baixo.

 

Afinal, vale ou não vale a pena?

Enfim, nesse artigo abordamos 13 dos principais benefícios que as empresas podem obter ao aderirem ao modelo de outsourcing de TI. Caso sua empresa entenda que esses benefícios fazem sentido para sua operação é recomendável sim buscar mais informações sobre esse tipo de serviço.

Entre em contato conosco ou deixe um comentário abaixo! Teremos o maior prazer em explicar para você como funciona nosso modelo de trabalho.

Fique atualizado com nosso melhor conteúdo!

Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn

Leitores também acessaram: